Kechek el fouqara

Apenas os verdadeiros amantes de queijo são capazes de apreciar o sabor e os matizes do queijo Kechek el fouqara. Tens coragem de experimentar?

Queres saber mais sobre o queijo Kechek el fouqara? Aqui contamos-te tudo, para que saibas tudo o que é necessário sobre este queijo antes de o comprares.

Compilámos todas as informações que precisas para saber mais sobre o queijo Kechek el fouqara. Esperamos que desfrutes tanto quanto a comê-lo.

Talvez até agora não soubesses da existência do queijo Kechek el fouqara. Ou talvez o tenhas procurado porque o Kechek el fouqara é o teu queijo favorito. Seja como for, aqui oferecemos muita informação sobre este queijo para que o conheças melhor.

O queijo Kechek o Fouqara é um produto único e especializado que tem origem na região sul do Líbano. Este queijo é feito exclusivamente de trigo fermentado em água e sal marinho, sendo produzido sem leite, ao contrário de outras receitas. Antigamente, era chamado de CJEBnet le Burghul ou "queijo de boulgu" e era bastante comum entre os camponeses mais pobres, que não tinham acesso a cabras ou leite para produzir iogurte.

O bulgur é um grão de trigo integral que foi quebrado e parcialmente cozido. É um ingrediente versátil e saudável, sendo rico em fibras, com baixo teor de gordura e calorias. No caso do Kecok o Fouqara, o grão de trigo é lavado para remover impurezas e depois fermentado em água por pelo menos oito horas até começar a germinar. Em seguida, é cozido por várias horas e seco ao sol. Após esse processo, o bulgur é adicionado de água e sal e deixado em um recipiente por algumas semanas, dependendo da estação do ano.

Após o período de fermentação, a massa é esmagada e deixada para fermentar por mais alguns dias, até se tornar uma massa homogênea e elástica. É possível adicionar temperos como tomilho, cominho, flor de laranjeira, sementes de gergelim, erva-doce, sálvia, alho picado, pimenta vermelha ou preta. A massa úmida é então moldada em bolas e armazenada em frascos de vidro, cobertas de azeite de oliva extra virgem para melhorar o sabor e preservá-las por um ano ou mais. O sabor do queijo é complexo e lembra alguns queijos tradicionais.

As bolas de Kechek o Fouqara são versáteis e podem ser usadas em saladas, pratos principais, pizzas, cereais e aperitivos. No entanto, elas são bastante gordurosas, portanto, geralmente são utilizadas como tempero e acompanhadas de pães e geleias aromáticas. Este "queijo" faz parte do movimento de comida lenta, que visa preservar antigas tradições culinárias em risco de desaparecer.

Os produtores envolvidos na produção do Kechek o Fouqara vivem na província de Pneu, que foi muito afetada pelo recente conflito na região. O objetivo desse movimento é ajudar os membros de uma pequena cooperativa a retomarem suas terras e serem autossuficientes novamente. Além disso, existe um esforço para melhorar a qualidade do produto, principalmente em relação à preservação e ao marketing.

O Kechek o Fouqara é um tesouro gastronômico local, sendo apresentado ao público no souk Tayeb, um mercado semanal de produtos orgânicos tradicionais no Líbano. Esse mercado, que foi interrompido durante as bombas, voltou à vida e se tornou um símbolo da comida lenta no país.

O movimento da comida lenta (Slow Food) é uma filosofia internacional que começou na Itália em 1986. Ele se opõe à padronização do paladar na gastronomia e promove uma nova abordagem que combina prazer e conhecimento. A comida lenta trabalha para preservar as tradições culinárias regionais e seus produtos e métodos de cultivo. Seu símbolo é o caracol, que representa a lentidão em contraposição à alimentação rápida.

✓ Líbano