Airag

Apenas os verdadeiros amantes de queijo são capazes de apreciar o sabor e os matizes do queijo Airag. Tens coragem de experimentar?

Queres saber mais sobre o queijo Airag? Aqui contamos-te tudo, para que saibas tudo o que é necessário sobre este queijo antes de o comprares.

Obviamente, a melhor forma de conhecer o queijo Airag é provando-o, mas no nosso site encontrarás pistas para saber antecipadamente se o Airag é a opção ideal para o teu paladar.

O queijo Airag não podia faltar nesta enciclopédia de queijos do mundo, e se leres as informações que oferecemos sobre ele, talvez decidas que também não pode faltar na tua despensa.

O queijou Airag é um queijo feito a partir do leite de égua. É uma bebida tradicional da Ásia Central, fermentada com leite de égua que vem dos povos tártaros que a chamavam de Kumis. O Kumis é produzido através da ordenha das éguas, onde o leite é armazenado em sacos de couro chamados "Saba" e batido com um longo bastão de madeira cerca de 1000 vezes. Durante a noite, o leite fermenta, resultando em uma bebida com um leve sabor alcoólico.

Industrialmente, o leite é misturado com lactose, levedura e açúcar mascavo. Essa mistura é então despejada em garrafas que podem resistir a temperaturas entre 50 a 60 graus Fahrenheit. As garrafas de leite são envoltas em várias camadas de tecido para evitar o acúmulo de CO2. Um cuidado especial é dado durante o preparo das garrafas, um processo que deve ser feito com muita atenção, mexendo suavemente para evitar a coagulação da caseína. Nesse processo, o Kumis é preparado em três a quatro dias.

Para fazer o queijo, o leite é aquecido até a temperatura de ebulição e, em seguida, resfriado e drenado. O queijo Airag pesa cerca de 3 a 4 kg e tem uma forma quadrada com ângulos obtusos. É considerado o prato favorito dos mongóis e é consumido fresco. Para armazenar o queijo, ele é cortado em pedaços finos e secos ao sol.

O queijo Airag é uma iguaria única, com um sabor e textura distintos devido ao uso de leite de égua em sua produção. É um produto apreciado na Ásia Central e é um exemplo interessante da diversidade de queijos no mundo, indo além dos tradicionais queijos de vaca, búfalo, ovelha e cabra.

Processo de fabricação do queijo Airag

O queijo Airag começa com a ordenha das éguas, onde o leite é coletado e armazenado nos sacos de couro chamados "Saba". O leite é então batido com um longo bastão de madeira aproximadamente 1000 vezes para garantir uma fermentação adequada. Esse processo acontece durante a noite, resultando em uma bebida fermentada com um leve sabor alcoólico.

Ao adicionar lactose, levedura e açúcar mascavo ao leite fermentado, a bebida se transforma em uma mistura que será usada para fazer o queijo Airag. Essa mistura é então despejada em garrafas que são capazes de suportar altas temperaturas.

Para garantir uma fermentação ideal, as garrafas de leite são envolvidas em várias camadas de tecido, a fim de evitar o acúmulo de CO2. Esse processo é muito importante, pois qualquer problema durante o preparo das garrafas pode resultar na coagulação da caseína, prejudicando a qualidade final do queijo Airag. Após três a quatro dias de fermentação, o Kumis está pronto para ser transformado em queijo.

O processo de transformação do Kumis em queijo Airag envolve aquecer o leite até a temperatura de ebulição e, em seguida, resfriá-lo e drená-lo. O queijo resultante pesa cerca de 3 a 4 kg e tem uma forma quadrada com ângulos obtusos.

Consumo do queijo Airag

O queijo Airag é considerado uma iguaria na Ásia Central e é muito apreciado pelos mongóis. É consumido fresco e muitas vezes é o prato favorito nas refeições. Sua textura única e sabor característico tornam-no uma opção deliciosa para os amantes de queijos diferentes e exóticos.

Além de ser consumido fresco, o queijo Airag também pode ser cortado em pedaços finos e secos ao sol para ser armazenado por períodos mais longos. Esse processo de secagem ajuda a preservar o queijo, permitindo que ele seja consumido mesmo quando não há acesso a leite de égua fresco.

Curiosidades sobre o queijo Airag

- O queijo Airag é feito apenas com leite de égua, tornando-o um queijo único em termos de suas características de sabor e textura.
- A fermentação do leite de égua para produzir o Kumis é um processo tradicional e artesanal, que requer cuidado e atenção.
- O Kumis é uma bebida apreciada em várias culturas asiáticas, sendo considerada uma fonte de nutrientes e propriedades medicinais.
- O queijo Airag é um exemplo da diversidade de queijos no mundo, indo além dos tradicionais queijos de vaca, búfalo, ovelha e cabra.
- O consumo de leite de égua e seus derivados, como o queijo Airag, tem sido associado a benefícios para a saúde, incluindo uma melhora na digestão e no sistema imunológico.

Em resumo, o queijo Airag é uma iguaria única feita com leite de égua fermentado. É uma bebida tradicional da Ásia Central, apreciada pelos mongóis e consumida fresca ou seca ao sol. O processo de fabricação envolve a fermentação do leite de égua, seguida da transformação em queijo. O resultado é um queijo com sabor e textura distintos, que representa a diversidade de queijos existentes no mundo.

✓ Turquia